Os 3 níveis de maturidade de ofertas em nuvem

Eu tive a grande sorte de conhecer o Peter Weill, autor de vários livros e professor do MIT. Ele estava sozinho na cafeteria comendo um "sanduba". Eu pedi para sentar na mesa dele, me apresentei e perguntei "como será o futuro da tecnologia?". Ele deu uma grande risada e disse que adoraria falar por 3 dias, mas que teria que resumir em 15 minutos. Ele pegou meu caderno e desenhou um triângulo, depois dividiu em 3 níveis.

No primeiro níveltemos a infra-estrutura tecnológica básica das empresas como computadores, servidores, impressoras, equipamentos de rede, banco de dados, intranet, Internet e segurança.


No segundo nível temos os sistemas transacionais, como processamento de pedidos (faturamento), controle de inventário, saques bancários, geração de demonstrativos, contas a receber e contas a pagar.


O terceiro nível é a camada inteligente de TI e subdividido em “Informações” e “Estratégico”. Este é o nível que vai diferenciar, efetivamente, o sucesso das empresas. Neste nível os clientes procuram melhores informações para tomar decisões, melhor qualidade dos produtos e serviços oferecidos ao mercado, melhor integração entre os elos da cadeia de valor, aumento de vendas, melhor posicionamento no mercado (market share) e, é claro, vantagens competitivas. São sistemas como Information Cockpit, BI (Business Intelligence), EIS (Executive Information System), BSC (Balanced Scorecard), sistemas de apoio e controle do planejamento estratégico, sistemas estratégicos que monitoram os indicadores internos e externos da empresa, e sistemas de impacto direto no core business, por exemplo, um sistema inteligente de aprovação de crédito para as entidades financeiras ou um sistema de logística para aumentar a eficiência da cadeia de valor e a lucratividade da linha de produção de uma indústria.


O primeiro nível está saindo de "on premises" para nuvem (IaaS - Infra-estrutura como serviço). No segundo nível a nuvem propiciou o desenvolvimento e comercialização de multiplicidade de "apps" que podem ser acessadas em vários dispositivos. O nível de informações, por conta da nuvem, ganhou acesso a uma infinidade de dados para serem analisados, com a possibilidade de usar inteligência artificial e fazer análises preditivas. No nível estratégico, a nuvem permitiu a criação de novos negócios como Uber, Waze, Netflix onde a tecnologia é o habilitador do negócio.


Indo do primeiro para o terceiro nível temos muitas mudanças para quem está vendendo TI. Quanto maior o nível, maior a margem de lucro das ofertas. O primeiro nível tem foco no produto e o cliente se preocupa muito com as características, preço e comparação com concorrência. No terceiro nível o foco está em serviço e atendimento, e o cliente está preocupado em eficiência e vantagem competitiva.


No primeiro nível, seguramente o interlocutor é a área de compras buscando eficiência para a área demandante. No segundo nível o interlocutor poder ser a área de TI ou negócios, e buscando contribuições para as unidades de negócios. No terceironível o interlocutor seguramente é a área de negócios e está buscando contribuições para questões organizacionais.


A nuvem, hoje, tem mais de 100 serviços para serem consumidos. No primeiro nível temos serviços de Compute, Storage, Business Applications, End User Computing, Database, Developer Tools, Identity & Compliance (Governance), Migration & Transfer, e Security. No segundo nível temos os workloads e sustentação do ambiente e aplicações dos clientes. No nível de informações temos os serviços gerenciados, gestão de custos, e aderência a melhores práticas de segurança e governança. No nível estratégico temos IoT (Internet das coisas) e Machine Learning.


Como me disse o Peter Weill, "eu desenhei em pirâmide porque não dá para ter o terceiro nível sem ter as bases do primeiro e segundo nível".


A revenda que quer ganhar dinheiro com nuvem, não pode para no primeiro nível, onde as margens são muito baixas.

Receba as publicações e mensagens

Cadastre-se para receber publicações e mensagens da ADVANCE (opt-in)